Por Que Eu sou um Robô?

PORQUE_ROBO_V2

Que ideia genial teve Monteiro Lobato. Quem carregava o conhecimento científico nas aventuras da turma do Sítio do Pica-pau Amarelo era um sabugo de milho! O Visconde de Sabugosa não era adulto nem criança. Não era gente. E como é legal esse contato com a ciência sem “adultices”, fluindo no decorrer das aventuras, direto dos livros para as interferências sempre retas do sábio Visconde.

O conhecimento hoje transborda dos livros com outras formas. A tecnologia invadiu o universo das crianças e tomou conta do seu tempo. Mas calma, não reclame ainda! Os robôs, computadores, a internet, os celulares e tablets podem ser fantásticos para educar e divertir ao mesmo tempo. Se reinventássemos o Visconde de Sabugosa, hoje, ele teria uma cabeça de computador. Exatamente como a minha. Espera, eu sou um sabugo robotizado e computadorizado! Haha!

Eu aprendo, registro tudo na minha memória e depois mostro para todas as crianças do Brasil. Fantástico, não é? Ando todo orgulhoso dessa missão. Foi ideia de Poti e de Airy.

Mas, então, porque fui deixado num ferro-velho? Simples: porque estamos aprendendo a desvalorizar as coisas o tempo inteiro. Um dia, algo nos parece a melhor coisa que poderíamos ter, no outro inútil e ultrapassada. Isso é um grande erro! Podemos aproveitar mais as coisas! Até reiventá-las, as vezes. Veja o meu caso, por exemplo…estava descartado e aqui estou, trazendo diversão e conhecimento para todas as crianças do Brasil.

Que tal contar essa história para a criançada? É um jeito legal de construirmos um futuro diferente em relação a isso!

Aproveite o momento para aprender a minha música!

Clique aqui e escute a minha música direto no SoundCloud!

Robô, blogueiro, aventureiro, melhor amigo de Poti e Ayri. Está dedicado a cumprir sua missão de mostrar as belezas da floresta a todas as crianças do Brasil

Compartilhe essa página com seus amigos!

Postar um Comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*